sábado, 28 de março de 2020

Obrigada...


CEF de fotografia






" O Cef de Fotografia do Agrupamento de Escolas de Ponte de Sor inaugurou no passado dia 20 uma exposição intitulada " O património humano, arquitetónico e paisagístico de Ponte de Sor", o certame inclui 64 fotografias a preto e branco e cores, 12 caixas retroiluminadas de desenho rigoroso sobre fotografias e 8 amostras do projeto "Refood", estará presente ao público até dia 19 de Março de 2020."

Atividades JPA - desporto escolar






Carta de Telémaco para o pai


Ítaca, 08 dezembro 1200

Pai!
Sou eu o teu filho Telémaco!
Está tudo bem por aí?
Eu sei que tiveste de ir para a guerra, coisa de que tu não gostas nada.
Eu tenho muitas saudades tuas.
Já passaram cerca de 18 anos desde que nós não nos vemos.
Já soube de algumas coisas que aconteceram por aí. Já soube que construíste um cavalo de madeira onde tu e os teu companheiros se esconderam lá dentro e Troia … não ficou pedra sobre pedra!
Também já soube que tiveram de andar muita vez de barco e enfrentaram tempestades.
Enfim… quando chegares tens de me contar mais coisas. Mas o que queria mesmo dizer é para voltares para casa, por favor, eu quero estar contigo!!
Até breve pai!
Adeus, o teu filho
                                                                                                                    Telémaco
                                                                                                                      

P.S. Vem o mais rápido possível.


Laura Martins, 6º C


Carta do pai Ulisses para o filho telémaco


                                                                                      Troia, 3 de agosto de 1250  ac




Meu filho Telémaco, o de novecentas e noventa e nove astúcias!
Como estás?
Acabei de derrotar os troianos e vou voltar para Ítaca, posso estar aí a qualquer momento. Nem que demore anos a chegar.
Avisa Penélope, a tua mãe, Eumeu e todos os habitantes da ilha, está bem?
Como estão as coisas em Ítaca?

O das mil astúcias,
                                                                      O teu pai, Ulisses


PS: Manda as tuas fotos quero ver como cresceste!


                                                                                                                       Martim Vedor, 6º C

Carta de Penélope a Ulisses


Ítaca, 30 de maio 1200 a.C.
Ulisses!
Estou a escrever-te, pois sinto a tua falta e quero contar-te o que se passa em Ítaca desde que partiste para Troia para resgatar Helena.
O nosso filho Telémaco está enorme e é o teu amigo Eumeu quem tem ajudado a tomar conta dele.
Já estás fora há algum tempo, por isso, tenho imensos pretendentes, não casarei com nenhum! Pois sei que voltarás em breve.
O nosso cão Argus também sente a tua falta, está muito triste e temo que morra em breve, por ser tão velho.
Ítaca não é a mesmo sem ti, peço-te que voltes o mais rápido possível.
Penélope


Leonor Brás Ferreira, 6º C

Carta Ulisses a Penélope


Troia, 1200 antes de cristo



Minha querida Penélope!
Espero que esteja tudo bem contigo e com Telémaco, ele deve estar um homem grande e corajoso.
Eu e os marinheiros estamos ainda em Troia, estamos a pensar num plano para entrar.
Já estamos a ficar sem mantimentos, só já temos quatro barris de comida e dois de água.
 Os troianos têm-se aguentado muito, devem ter muitas plantações.
Eu descobri uma maneira de entrar na cidade de Troia, mas apenas posso dizer que alguns marinheiros vão fingir que se vão embora e eu e os outros marinheiros vamos esconder-nos num cavalo de madeira que vamos construir.
Agora tenho de ir, depois conto-te mais coisas.
Espero que esteja tudo bem por aí, tenho muitas saudades vossas, beijinhos,
                                                                   o teu querido Ulisses
P.S.Em breve estarei aí.


                                                                               Afonso Jesus,6ºC